3 de abril de 2013


Pendura o coração ao sol, menina, que é de luz que se alimenta esse músculo que estica e rasga e se arrebenta. Sangra, arde, dói, mas não aguenta bater sem cor, sem lágrima, sem céu, sem nuvem, sem vento. Levanta o olhar e vê. E, quando você menos perceber, tum tum tum tum tum tum tum. Ele vive.

André Gonçalves 
em “Coisas de Amor Largadas na Noite”

4 Comentários ♥:

Universo Paralelo disse...

que perfeito teu blog, nossa, ameeeei! *-*

beeijos, visita lá: diariodeumuniversoparalelo.blogspot.com.br

:D

HONORATO, Sandro disse...

Hey :)
Quanto tempo que não passo aqui :(
Adorei este efeito no mouse do coração >.<

E adorei mesmo a citação de hoje,bem lindo *---*

Beijos e cuide-se
Rimas Do Preto

Ângelo Feinhart disse...

Belo texto desse autor. Belo desafio. A imagem, então, é perfeita. Muito inspirativa. Percebo que és muito, muito mimosa, cuidadosa, sensível, e o blog tem excelente gosto, é muito feminino e muito bem trabalhado. Apesar de teres definido a ti mesma como orgulhosa, demorei a ver-te assim, ainda mais num blog com esse título. Inspirativo.
Abraço
www.pequenasinocencias.blogspot.com

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Ese corazón que necesita de nuestros rayos de Luz...Preciosa Composición.
Ya estoy, de nuevo, en Poesíayvivencias...¡¡¡Gracias por estar siempre ahí y por tus muestras de cariño e implicación!!!...Eres un Encanto.
Abrazos y besos.

Postar um comentário

Sinta-se plenamente livre para expor suas idéias.
Eu fico imensamente grata por sua atenção e pelo
carinho dedicado.

Beijos!

Gisele

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...