14 de julho de 2010


Meio perdida, na confusão do mundo, meio perdida na confusão de mim, meio perdida na confusão de tudo, meio perdida na confusão sem fim...

Eu perco o chão, eu não acho as palavras. Eu ando tão triste, eu ando pela sala. Eu perco a hora, eu chego no fim. Eu deixo a porta aberta eu não moro mais em mim. Eu perco a chave de casa, eu perco o freio, Estou em milhares de cacos, eu estou ao meio. Onde será que você está agora?

Metade - Adriana Calcanhoto

0 Comentários ♥:

Postar um comentário

Sinta-se plenamente livre para expor suas idéias.
Eu fico imensamente grata por sua atenção e pelo
carinho dedicado.

Beijos!

Gisele

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...