14 de julho de 2014


"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que nem eu mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que tem saudade... sei lá de quê!"

Florbela Espanca

4 Comentários ♥:

Bell disse...

Me vejo assim tb.

bjokas =)

Lucas - Blog: Overture disse...

Florbela é essa poetisa complexa, estranha, paradoxal, intensa, apaixonada e saudosa, como ela mesma o diz, sabe-se lá do quê! Essa foto vale mesmo um poema. Se eu soubesse compor, certamente o faria. Deveras bela.
Algumas pessoas são assim, exacerbadas, como Flor o expõe. Querem demais, exigem demais. Sabem-se fragilizadas por isso, mas não conseguem ser menos que são. Beijossssssssss

criando disse...

oii , eu criei agora o meu blogspot, podias dar uma visitinha e dizeres a tua opiniao para melhorar algumas coisas ?

http://palavrasescricas.blogspot.pt/

Obrigadaaaa !

Edilane Faleta disse...

Seu Blog além de lindo, é delicado,meigo,e extremamente bem decorado.Parabéns! Eu fiquei realmente encantada desde as pétalas de desfazendo até as lindas trilhas.
Belo trabalho !

Postar um comentário

Sinta-se plenamente livre para expor suas idéias.
Eu fico imensamente grata por sua atenção e pelo
carinho dedicado.

Beijos!

Gisele

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...